RUPTURA DE ESTOQUE NO E-COMMERCE NO MÊS DE JANEIRO DE 2021

Ter o produto em estoque é um dos fatores críticos de sucesso – FCS em e-commerce e que atualmente tem levado clientes fiéis a optarem por outras marcas durante a pandemia.


Afinal, o que significa ruptura de estoque? Ruptura de estoque é quando um cliente visita o site de um determinado fornecedor e decepciona-se ao descobrir que o produto que está procurando está esgotado, logo procura por outras marcas ou substitutos.


De acordo com as informações da LETT, a taxa de ruptura de estoque no e-commerce em janeiro de 2021 foi de 36,4%, significando que quase 37 dos 100 produtos não estavam disponíveis para entrega imediata nas plataformas de e-commerce, tendo como opção “avise-me quando o produto estiver disponível”.


De acordo com o gráfico 1 abaixo, é possível observar que a categoria utilidades domésticas foi a mais afetada no mês de janeiro de 2021, chegando no dia 31/01/21 a um patamar de ruptura de 46%. Início de janeiro de 21 foi quando esta categoria esteve mais presente nos estoques de e-commerce e desde então começou a oscilar para baixo.


Porém, ao analisar as demais categorias é perceptível presenciar que há uma variação também para baixo do nível de produtos em estoque no e-commerce.



Gráfico 1: Disponibilidade de estoque, separado por categoria, jan de 2021

Gráfico 1: Disponibilidade de estoque, separado por categoria, ao longo de janeiro de 2021

Fonte: LETT

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 por chmcorpp - www.chmcorpp.com.br

  • Facebook Basic Black
  • LinkedIn Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • YouTube - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon